Diário Secreto de Robert Pattinson- Cap.15

*******QUEM PEGAR AVISA NOS COMENTÁRIOS E COLOQUE CRÉDITOS A NÓS*******

Eu me acordei, e Kristen já estava de olhos abertos, sorrindo.

– Rob, eu já estou melhor, acho que posso ir embora já.

– Claro, vou falar com os médicos, já volto.

Eu fui lá, falei com eles, e eles disseram que ela já podia ir para casa. Então foram lá, pegaram um atestado e nele estava escrito que Kristen ficaria de repouso por 3 dias.

Perfeito, 3 dias longe do Taylor. 3 dias perto de mim. Eu acho.

Já estávamos no táxi, e ela não falava nada, apenas estava com sua cabeça encostada em meu ombro.

O táxi parou, e descemos na frente da casa de Kristen, ela abriu a porta, e fez um gesto com as mãos querendo dizer para eu entrar.

Entrei e fui direto à sala, sentei-me no sofá.

Ela sentou do meu lado.

– Rob…

Eu continuei a fala dela.

– Kristen, eu sei que você vai se desculpar por ter fumado, mas a culpa foi toda minha…

E dessa vez ela que continuou:

– Não, não é não, a culpa…

– Não Kristen, é minha. Eu agi como uma criança, uma criança idiota, que estava expondo nossas vidas para o mundo todo. Desculpa mesmo, por favor.

– Tudo bem Rob, eu desculpo.

Ela sorriu, e me deu as mãos.

Os dias agora estavam se passando rápido, e eu com Kristen, estava esquecendo das outras pessoas que ficavam ao meu redor.

Kristen havia me perdoado, e eu e ela estávamos muito bem, como melhores amigos é claro. Mesmo eu amando ela mais que qualquer outra coisa, era melhor sermos amigos do que nada.

Os outros 3 dias de folga com Kristen foram perfeitos. Eu levei ela à campina, que embora fosse o lugar preferido de Bella e Edward, agora também era o nosso lugar preferido.

Fomos no cinema, tivemos passeio de carro. Visitamos Tyler, e embora Stella estivesse lá, o que foi uma coisa muito desagradável, ela sempre me olhava com um olhar torto, eu e Kristen nos divertimos.

Depois dos 3 dias de repouso, Kristen gravou a cena da praia com Taylor. Ele também atuava muito bem, e eu e Kristen estávamos tão amigos, que eu não consegui nem ter mais ciúmes dela com Taylor.

A cena demorou uns 5 minutos, e depois eu e Kristen fomos para a campina de novo, quase todo dia íamos para lá.

A medida que o tempo foi passando, as coisas começaram a ficar mais difíceis, eu não tinha mais tempo para sair, ou para visitar Tyler, e ele já até ligava, perguntando se eu (como famoso) havia esquecido dele.

Saímos na rua, e sempre havia pessoas loucas (melhor dizendo, fãs) que saíam correndo atrás de mim e de Kristen, e eles sempre corriam mais rápido, o que nos obrigava a tirar fotos, e dar autógrafos, mais sempre com aquela cara de “felicidade”.

Nós agora gravávamos umas 3 vezes por dia, e isso fazia com que eu e Kristen tivéssemos menos tempo para nós dois. Fazia mais de semanas que não íamos para a campina.

Andar com Kristen na rua era perfeito. Mas com guardas, e policias atrás de nós, e ao nosso lado, na nossa frente e etc, era terrível.

Era a vida que eu pedi a Deus? Sim, mas eu tenho muita saudade daquela vida na qual eu saia na rua de mãos dadas com Kristen e ficávamos conversando por horas sem ninguém para interferir.

Agora, na rua demoramos apenas uns 15 minutos e deu.

Twilight já havia sido estreiado no cinema, e isso era uma coisa boa. Fez muito sucesso, muito mais do que eu imaginava que seria. Muito mais.

E era bom estar de férias. Por pouco tempo, mas era bom.

Do meu passado, eu consigo me lembrar tudo, até o dia que acabou os 3 dias de repouso de Kristen. Desde lá, parece que o tempo acelerou, e só o que me lembro foi isso, sem detalhes algum. Minha vida seria assim daqui para a frente? Rápida e insignificante?

Agora eu estava deitado com Kristen. A televisão estava desligada, e ela estava, como sempre fazia, com sua cabeça encostada em meu ombro direito. Eu queria tanto, mas tanto que fôssemos tipo, sei lá, namorados. Será que ela não estava nem um pouco apaixonada por mim?

– O que você está pensando? Está tão quieto.

Ela se levantou, e se sentou em cima de mim, com um sorriso que me fez enlouquecer, e dizer aquilo que ira acabar com tudo, (ou não):

– Eu estou perdidamente apaixonado por você, e ser só seu amigo não dá mais.

CRÉDITOS: TIAGO
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s