O Diário Secreto de Robert Pattinson-Cap.16

*****QUEM PEGAR AVISA NOS COMENTÁRIOS E COLOQUE CRÉDITOS A NÓS *****

Ela ficou com um sorriso no olho. E eu notei sua expressão facial, ela nem piscava. Será que ela não iria mais falar comigo, novamente? Estávamos indo tão bem e eu tinha – como sempre – que estragar tudo.

Ela colocou uma perna ao meu lado esquerdo, e a outra colocou ao lado direito. Agora ela realmente estava sentada em cima de mim.

– Rob… Eu… acho que…

– Que…? – Eu muito afobado nem esperava ela terminar a frase.

– Que… – Ela continuou, mas parecia que o que ela ia dizer não estava saindo, e nem iria sair.

Ela tirou o sorriso que estava em seu rosto – lindamente perfeito – e logo em seguida sorriu novamente. E me beijou.

Foi um beijo demorado, tipo, uns 40 e poucos segundos. E ela riu novamente.

Eu iria fazer o que eu estava pensando? Provavelmente não, então eu fiquei olhando pasmado com o que ela acabara de fazer.

– Eu acho que isso continuou o que eu tinha que falar. – Ela disse, e olhou para baixo com um sorriso no rosto, como se estivesse envergonhada.

Eu toquei a mão na blusa dela, e ela olhou para mim.

– Pode. – Ela disse.

Por uma fração de segundo eu pensei no que ela disse, e depois, eu levantei a blusa dela, e tirei. Ao mesmo instante, ela tirou a minha.

Nós não estávamos mais nos olhando, se eu olhasse para ela, eu acho que desmaiaria de vergonha, e acho que ela teria um enfarte se olhasse para mim.

Logo em seguida ela deu um beijo no meu peitoril. E desabotoou o short que ela estava usando. Eu dei mais um beijo nela, e fui abaixando. Estava beijando seu – delicioso – pescoço, e o telefone tocou.

E eu estava com muito ódio, com muita raiva. Kristen olhou para mim, e ela estava toda vermelha. Eu certamente já estava azul. Ela se levantou de cima de mim e eu me levantei da cama e fui pegar o telefone.

– Alô?

– Robert? Robert, cara, se lembra de mim? Tyler.

Ao saber que era ele, a raiva sumiu de mim, totalmente.

– Tyler? Tyler? – Eu me fingi de desentendido, só para ver (nesse caso ouvir) o que ele dizia. Ele sempre me ligava ou mandava cartas por correio reclamando que eu depois de ‘famoso’ (essa palavra ainda não soava muito bem para mim) esqueci dele, e agora eu resolvi ‘pregar uma peça’.

– Ai Meu Deus, eu não acredito nisso. Eu sabia, eu SEMPRE soube.  – Disse ele destacando bem a palavra sempre. – Que belo amigo é você.

– Deixa de ser idiota cara, você acha mesmo que eu iria te esquecer? – Eu ri, muito.

– Aaarh, seu desgraçado. – Ele também riu. – Como vai sua namo…

Eu não deixei ele terminar, e já continuei.

– Ela não é minha namorada. – Nisso eu olhei para Kristen e ela se levantou (ela ainda estava sem blusa) e veio até mim, e me deu um beijo no pescoço.

– Tyler? Oii…

– Kristen? – Disse ele do outro lado da linha. – Haha, Kristen, ta cuidando bem do seu namorado?

– Acho que estou. – Ela sorriu.

Bom, eu não estava mais entendendo nada da conversa, então eu disse um ‘Tchau Tyler, tchau’ e acho que ouvi ele dizer um ‘você ta com pressa de que? De… ’ e nisso eu desliguei o telefone.

Eu olhei para Kristen, e ela sorriu para mim. Eu ainda estava tolo. Peguei ela no colo e a levei para a cama.

Deitei ela e subi em cima dela. Ela fechou os olhos.

CRÉDITOS A TIAGO
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s